• Leis e desregulações que castigam os povos e abusam do planeta

    Importantes reuniões globais em Roma (G-20) e em Glasgow (Cúpula sobre o Meio Ambiente); enquanto isso, milhões de seres na pobreza e indigência buscando como sobreviver cada dia e cada noite. Haverá um mundo livre de cobiçosos e egoístas? Mais além de pequenas, ainda que dolorosas mesquinhezes, espantam aqueles que nos matam com suas decisões, que podem sacrificar países, vizinhos e ainda família se com isso conseguirem aumentar sua taxa de lucro. Tantas vezes temos nos perguntado por que seguem semeando sofrimentos, desigualdades, sem limites e nunca pensando que já é demasiada sua maldade, sua avareza existencial. As respostas são …

    Read More »
  • Não mais pobreza: mandato popular e determinação política

    É possível solucionar a pobreza, existem os recursos e o talento para fazê-lo. É necessário um mandato popular que o exija eleitoralmente e a determinação política para cumpri-lo. As formas para alcança-lo variam segundo as circunstâncias de cada situação e território (oferecemos um exemplo entre tantos outros). É inaudito sustentar que não alcançam os recursos quando para certos propósitos abundam e para esta prioridade ética, social e econômica escasseiam. Cabe desmascarar drenagens e desvios encobertos que explicam essa canalhice.      Eliminar a pobreza está longe de ser uma fantasia como os dominadores querem fazer crer. É que a pobreza não …

    Read More »
  • A dupla armadilha: Democracia e geopolítica

    Uma democracia incipiente e outra decadente tem algo em comum: ambas se encontram aprisionadas frente a pressões sociais e econômicas que podem paralisá-las. O efeito geopolítico é o descontrole da política exterior dos Estados. Aumenta a probabilidade de conflitos bélicos entre potências grandes e médias. Nos Estados Unidos, o presidente Joe Biden está convencido de que lhe tem cabido defender a democracia norte-americana em duas frentes – interna e externa – de forma simultânea. Na frente externa, encontra-se com o declínio relativo de poder mundial de seu país, que até a pouco era indiscutido. O país perdeu guerras e posições …

    Read More »
  • Círculo vicioso

    Países como a Argentina sofrem mudanças bruscas entre duas posturas opostas: a expansionista ou popular e a ortodoxa ou liberal. Faz várias décadas que a Argentina flutua na implementação de suas políticas econômicas entre dois paradigmas antagônicos, tal como retratou Marcelo Diamand em seu artigo de 1983 intitulado “O pêndulo argentino: até quando?”. Trata-se de mudanças bruscas e muito frequentes que sofrem os modelos econômicos aplicados no país nas mãos de duas posturas opostas: a expansionista ou popular e a ortodoxa ou liberal. Expansão A tendência popular reflete as aspirações políticas, culturais e econômicas dos setores atrasados da sociedade. No …

    Read More »
  • Iniciativas

    Depois dos Pandora Papers, é hora de agir Thomas Piketty As rotas do tráfico viral – Andrew Lakoff The Routes Of Viral Traffic Maria Bethânia – Sonho Meu Maria Bethânia – Sonho Meu

    Read More »
  • Reflexões

    Sobre como penetra o neoliberalismo Primeiro, implanta-se o perigo por parte dos que são os verdadeiros arquitetos do perigo e em seguida eles mesmos se propor para combatê-lo (…). Esse modo de poder mafioso fuge da lei citando a lei, encarna a corrupção em estado germinal e  propiciatorio, criticando a corrupção. Horacio González Sobre um campo que alimente o povo O modelo do agronegócio representa um campo concentrado que não alimenta, não está focado na fome do povo, enquanto gera extraordinárias riquezas pelas exportações. Se bem as exportações sejam necessárias, temos que prover outro modelo de um campo que alimente, …

    Read More »