• A cultura do bem-viver

    A cultura do bem-viver é um dos pilares de um projeto de país orientado para cuidar de toda sua população e do meio ambiente. Bem-viver implica contar com um sistema econômico de excelência com processos produtivos cuidadosos do meio ambiente. Um tipo de excelência muito diferente que a de maximizar o lucro dos donos do capital. O novo foco é prover satisfações de necessidades fundamentais substituindo o critério do lucro como ordenador do sistema econômico pelo de resolver o que necessita a inteira sociedade. Isto não implica um sistema econômico fraco ou ineficiente, mas um vigoroso e sustentável com um …

    Read More »
  • Olhar crítico, eleições e projeto de país

    A partir da perspectiva de um projeto de país que cuide de todos e do meio ambiente, como jogam o olhar crítico, os divisionismos do campo popular e as invocações de fraude eleitoral para condicionar resultados. Quando grupos minoritários que concentram o poder de decisão e da riqueza procuram triunfar eleitoralmente acodem a uma diversidade de manobras e ardis para manipular a segmentos populacionais que, de outra forma, se expressariam contra os interesses dos dominadores. Só com enganos, mentiras, colonizando mentes, formatando subjetividades a seu favor, podem impor o absurdo de fazer das vítimas seus ardorosos defensores de esterilizada reflexão.  …

    Read More »
  • Quo vadis America? Segunda Parte: Anomia e fissuras

    No mundo atual, não existe uma ordem global, nem velho nem novo, mas uma disputa de todos contra todos apenas edulcorada com palavras de colaboração. Isto se deve em grande parte à desarticulação social e confusão do sistema normativo (anomia) dentro de muitos países, tanto centrais como emergentes. Os EUA são um deles. Como estudar a desordem? Os sociólogos temos um conceito que vale a pena usar: anomia. Apesar de sua raiz etimológica, anomia não significa ausência de normas, mas sua disfunção. Em sociologia, o uso do vocábulo se remonta aos trabalhos de Emile Durkheim, em fins do século XIX. …

    Read More »
  • O pior está ainda por chegar

    As grandes enchentes ocorridas na Alemanha e na Bélgica em julho. mês do verão europeu, causando centenas de vítimas, associadas a um aquecimento abrupto que chegou em alguns lugares a mais de 50 graus, nos obriga a pensar e a tomar decisões em vista do equilíbrio da Terra. Alguns analistas chegaram a dizer: a Terra não se aqueceu; ela se tornou, em alguns lugares, uma fornalha. Isso significa que dezenas de organismos vivos não conseguem se adaptar e acabam morrendo. Atualmente com o atual aquecimento que no último século cresceu em mais de um grau Celsius, e se chegar, como …

    Read More »
  • Iniciativas

    Os longos e estranhos ADPIC: a sórdida história de como as vacinas se converteram em propriedade intelectual https://sinpermiso.info/textos/los-largos-y-extranos-adpic-la-sordida-historia-de-como-las-vacunas-se-convirtieron-en-propiedad ________________________________________________________________________ Há pouco tempo, conhecimento médico que salva vidas era visto como pertencente a todos. O que aconteceu?   https://newrepublic.com/article/162527/long-strange-trips-grubby-history-vaccines-became-intellectual-property ______________________________________________________________________ Os paradoxos da democracia – Marcelo Justo https://www.pagina12.com.ar/284945-las-paradojas-de-la-democracia _______________________________________________________________________ Miriam Makeba – The Retreat Song (Jikele Maweni) LIVE Graceland Concert)

    Read More »
  • Reflexões

    Sobre os que escondem recursos em guaridas fiscais Há que investir no bem comum, não esconder o dinheiro nos paraísos fiscais. Saber investir, não esconder. Se esconde quando não tem a consciência limpa, ou quando está raivoso. Papa Francisco ______________________________________________________________ Sobre como nos proteger dos suportes digitais O Big Data termina por nos conhecer melhor que nós mesmos. A lógica da vigilância acaba por transcender os indivíduos e nela há como um caminho sem saída. Não podemos nos escapar desse mundo, porque, individualmente, somos mais fracos que os algoritmos. Estamos dominados e guiados por isso. Não há uma solução individual …

    Read More »