Transformações

A arquitetura offshore global e seu impacto nos países em desenvolvimento

O processo de financeirização da economia mundial e, com isso, a desregulamentação e liberalização das finanças internacionais agigantou a opacidade dos centros financeiros offshore (ou guaridas fiscais). Simultaneamente, a fuga de capitais se expandiu de maneira significativa nos países periféricos. Para abordar esta grave situação será necessário desenvolver um marco regulatório internacional que, complementando os sistemas tributários nacionais, elimine o segredo fiscal e financeiro.

Read More »

Cultura e conflitos sobre preconceito e discriminação

Nossas culturas são imensamente diversas, criativas e ricas em enfoques singulares para resolver problemas; não obstante, também formam o sustento de conflitos relacionados com o poder, os antagonismos e o multicultural que levam a estereotipar, ao preconceito e à discriminação.

Read More »

A “democracia” dos sem-vergonha

Há muito desalento e tristeza no país. Mas este padecimento não será em vão. É uma noite que nos vai trazer uma aurora de esperança de que vamos ultrapassar essa crise rumo a uma sociedade, no dizer de Paulo Freire, “menos malvada” e onde “não seja tão difícil o amor”.

Read More »

O destrutivo mundo offshore: o que fazer diante de sua expansão?

Uma nova arquitetura financeira, uma autoridade tributária global, a reforma do sistema das Nações Unidas são alguns dos críticos desafios a encarar diante da expansão do mundo offshore. Para contra-arrestar as tendências prevalecentes haverá que prover novas e urgentes respostas a uma diversidade de questões sobre o bem comum, entre outras, os desafios ecológicos e populações, a extensão da violência sectária (estatal ou paraestatal), as migrações caóticas do desespero, as explosões com raízes na desigualdade crescente e a crise universal dos sistemas políticos.

Read More »