Reflexões

Sobre a educação libertadora

Quando a educação não é libertadora, o sonho dos oprimidos é ser o opressor.

Paulo Freire

______________________________________________________________________

Sobre uma política que substitua o limite do pensável e do possível

O trabalho político será fundamental para evitar que a linguagem com a que uma sociedade se pensa fique reduzida ao binarismo e à pobreza conceitual que os meios de comunicação propoem. Diante disso, produzir uma discussão pública mais intensa, que mobilize não somente a língua da política, mas também a literatura, a música, as liguagens populares. Uma política que se conceba como parte da cultura e logre substituir o limite do pensável e do possível.

Diego Tatián

______________________________________________________________________

Sobre os ódios

Os ódios não se eliminam nunca. Antes, foram se acumulando para formar um ódio social que tem arestas religiosas, culturais, raciais, de gênero. Uns sobre os outros, articulados, serviram desde a Conquista, sempre a um objetivo maior: conservar sociedades altamente desiguais. Florencia Saintout

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *