Reflexões

– Sobre caminhos juvenis
– Sobre os indivíduos “realistas”
– Sobre não ser mais do que sou
Sobre caminhos juvenis

Um jovem tem hoje três possibilidades: pode ser cínico e entrar na lógica do sistema; também pode ser niilista, e sustentar que o mundo é mau mas que não há possibilidade de mudá-lo, pelo que o melhor é entregar-se ao deleite. Mas essas possibilidades pouco a pouco foram cedendo terreno a uma terceira, a de encontrar uma orientação verdadeira e significativa que não sejam uma simples integração ao mundo tal qual é nem tão pouco o abandono niilista.

Alain Badiou

Sobre os indivíduos “realistas”

Já sabemos que os indivíduos chamados realistas são aqueles que não veem além de seus narizes, confundindo a Realidade com um Círculo-de-dois-metros-de-diâmetro, com centro em sua modesta cabeça. Esses personagens provincianos riem-se do que não podem compreender e descreem do que está fora desse círculo.

Ernesto Sábato

Sobre não ser mais do que sou

Nunca fui mais do que sou. Um músico folk que contemplava a neblina cinzenta com olhos cegos pelas lágrimas e compunha canções que flutuavam em uma bruma luminosa.

Bob Dylan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *