Transformações

A “democracia” dos sem-vergonha

Há muito desalento e tristeza no país. Mas este padecimento não será em vão. É uma noite que nos vai trazer uma aurora de esperança de que vamos ultrapassar essa crise rumo a uma sociedade, no dizer de Paulo Freire, “menos malvada” e onde “não seja tão difícil o amor”.

Read More »

O destrutivo mundo offshore: o que fazer diante de sua expansão?

Uma nova arquitetura financeira, uma autoridade tributária global, a reforma do sistema das Nações Unidas são alguns dos críticos desafios a encarar diante da expansão do mundo offshore. Para contra-arrestar as tendências prevalecentes haverá que prover novas e urgentes respostas a uma diversidade de questões sobre o bem comum, entre outras, os desafios ecológicos e populações, a extensão da violência sectária (estatal ou paraestatal), as migrações caóticas do desespero, as explosões com raízes na desigualdade crescente e a crise universal dos sistemas políticos.

Read More »

O mundo offshore e os facilitadores da fuga de capitais

Os protagonistas do mundo offshore: a banca global e as multinacionais, guaridas fiscais, grandes empresas globais de auditoria e consultoria tributária (com as “Big Four” na frente) e grandes escritórios de advocacia especializados no tema. Estes são os grandes facilitadores (enablers) do uso do mundo offshore pelas corporações multinacionais e pelos “ricos globais”.

Read More »

Dores e traumas do século XXI

Conforme se aprendeu mais sobre o trauma, também cresceu o conhecimento sobre a resiliência. Conforme enfrentemos as ameaças que nos trapaceiam – ameaças à sobrevivência, à democracia e a nosso entorno ecológico – também deveremos considerar a generalizada necessidade de curar emocionalmente.

Read More »

O Pacman da vida

Na evolução do capitalismo, o capital não só hegemonizará a relação com os outros três fatores de produção (terra, tecnologia e trabalho), mas progressivamente os transformará em mercadoria.

Read More »