• Para frear o esclarecimento, notícias falsas e guerra judicial

    Com um maior esclarecimento popular, aumenta o risco para o poder econômico de perder sua preeminência. Não é novo o contraponto, mas é quase uma constante no devir da humanidade. O que vai mudando são as modalidades com as que se enfrenta o esclarecimento popular. Desde fortes bordoadas até repressão feudal; desde golpes militares até notícias falsas e guerra judicial (fake news e law fare). Esse último é o que hoje predomina em quase todos os países do mundo. Para poder implementar esta forma de submissão, que complementa outras que praticam poderosas minorias para agudizar e acelerar a concentração de …

    Read More »
  • Nossa segurança ameaçada

    O que ameaça nossa segurança? Qual é a origem, as causas da insegurança? Que papel desempenham os diversos tipos de violências, a sistêmica, a cultural, a criminal? Que conflitos não resolvidos ou mal resolvidos geram violências e põem em risco a segurança de sociedades e pessoas? A reação individual diante de ameaças a sua segurança é procurar se proteger. Isto inclui condutas preventivas para nos isolarmos de contextos ameaçadores, o que afeta seriamente a forma de viver e de conviver. Cremos obter, assim, mais segurança, por mais que as causas que originam a insegurança vão mais além do que o …

    Read More »
  • Instabilidade e convulsão na luta entre potências

    As grandes potências preferem o conflito indireto – através de substitutos – ao choque frontal, como aconteceu nas tragédias das duas guerras mundiais. Hoje o conflito é tripartite: Estados Unidos, China e Rússia se disputam suas respectivas quotas de dominação. Nada disto é novidade. A peculiaridade de nossa época é a seguinte: em conflitos do passado, a guerra por substitutos produzia grande instabilidade nas zonas periféricas. Hoje, a instabilidade e a volatilidade se espalham no mesmo seio das potências centrais, em particular, dentro das que chamávamos democracias consolidades e avançadas. Não são mais. A recomposição geopolítica e a marcha para …

    Read More »
  • Fake news e redes sociais no processo eleitoral brasileiro

    O papel das redes sociais e os aplicativos de mensagens diretas (basicamente Whatsapp) na campanha eleitoral de Jair Messias Bolsonaro é um dos temas centrais das novas formas de configuração política na América Latina. As notícias falsas, a propaganda, a construção de um sentido comum acrítico e a semeadura de ódio não são práticas inovadoras nem na história política nem na guerra. A tentativa de configurar sujeitos passivos e maleáveis tem sido estudado há séculos como substrato das lutas ideológicas orientadas a captar a vontade social coletiva e dirigi-la em proveito de interesses corporativos. O que mudou é o canal …

    Read More »
  • Iniciativas

    O discurso de Rita Segato ao abrir a Feira do Livro 2019, na Argentina https://www.cba24n.com.ar/el-discurso-de-rita-segato-la-feminista-que-abrio-la-feria-del-libro-2019/   _________________________________________________________________________   Raúl Zaffaroni, juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos _________________________________________________________________________ Bailando con tu sombra (Aleli) – Víctor Heredia

    Read More »
  • Reflexões

    Sobre não desaparecer mas se tornar oceano  Dizem que antes de um rio entrar no mar, treme de medo. Olha para trás, para todo o dia percorrido, para os cumes e as montanhas, para o longo e sinuoso caminho que atravessou entre selvas e povos, e vê adiante um oceano tão extenso, que entrar nele é nada mais que desaparecer para sempre. Mas não existe outra maneira. O rio não pode voltar. Nada pode voltar. Voltar é impossível na existência. O rio precisa se arriscar e entrar no oceano. Somente ao entrar nele, o medo desaparecerá, porque apenas nesse momento, …

    Read More »